1586703556a3194d58d9

É um complexo turístico no sul da França e se tornou a capital mundial do sexo livre. Em Cap d’Agde quase tudo é permitido: desde ir pelados ao supermercado até sexo e gangbangs em público.

Se você achava que já tinha visto de tudo, principalmente em relação a cidades turísticas e turismo sexual, é porque nunca tinha escutado falar sobre esta cidade costeira no Meditarraneo, e que fica somente três horas de carro de Barcelona, na Espanha. Lá, a cada ano milhares de turistas chegam atraídos por sua oferta de férias, com um foco principal no turismo sexual.

Neste lugar, dificilmente há restrições referentes ao sexo entre adultos: é uma comunidade naturalista governada por suas próprias regras.

E o nudismo não é apenas permitido nas suas praias, mas também em lojas, farmácias, restaurantes e supermercados. Você pode ir às compras completamente nu. Em Cap d’Agde isso é possível, embora isso não seja a sua única atração. Lá você também pode ter relações sexuais em público ou ir a festas com orgias ou troca de casais, o que também é uma grande atração turística.

O Paraíso dos Libertinos

Para entrar nesse povoado, o turista deve pagar 8 euros por pessoa para passar o dia ou 18 para passar a noite por lá. A “entrada” para três dias custa 45 euros, um passe que deve ser pago obrigatoriamente, ainda que já tenha reservado um hotel na cidade.

A praia de Cap D’Agde está dividida em três partes: a primeira é uma praia para famílias, a segunda para swingers e a terceira é a área gay, a menos frequentada.

Na praia mais liberal (a segunda), especialmente ao entardecer, é comum ver casais praticando todo tipo de sexo. Quando isso acontece, um círculo de pessoas se reúne a sua volta, seja para olhar, se masturbar ou para se juntar ao sexo, caso o casal permita.

Engana-se quem acredita que a praia é o único lugar onde o sexo é liberado. Também pode-se praticar nos hotéis, claro, não apenas nos quartos, como de costume, e até mesmo nos corredores e demais áreas comuns ou, nas várias festas que acontecem todas as noites nos muitos clubes que há do vilarejo e onde a entrada custa em torno de 90 euros.

Há hotéis na área nudista de Cap D’Agde que são apenas para casais maiores de 18 anos onde pode-se praticar sexo em qualquer uma de suas áreas. Isso inclui áreas da piscina, onde muitos casais aproveitam da sua liberdade sexual e convidam outras pessoas a fazer o mesmo. E enquanto isso acontece a equipe do hotel está servindo bebidas, como se nada de incomum acontecesse. Igual aos clubes de swing que há no Brasil. Se você for à Cap d'Agde, sozinho ou acompanhado/a, o estranho vai ser não fazer sexo.

Cap d Agde 002


Escreva um comentário


Código de segurança
Digite os caracteres na caixa abaixo ou, Clique Aqui para gerar outros.